sexta-feira, 31 de julho de 2015

Quem disse, disse o que?

Quem disse que temos que sermos sempre os melhores. Afinal, ser melhor é um conceito tão subjetivo que pode equivocar até o próprio dicionário.
Ser feliz? Quem disse? Disse o que mesmo sobre felicidade? Ela está em nós. No que fazemos. Na semente que plantamos e na colheita que realizamos. Na gratidão que se coloca diariamente em nossa face e que esquecemos de dizer: sou grato!
É que o famoso TEMPO nos diz tudo que devemos fazer. Quem disse que precisamos ser controlado pelo tempo? O que disseram sobre o tempo? Será ele tão valioso quanto os momentos vividos? Precisamos dele como um oráculo, mas para a paz, para o amor, para viver.
A cada dia parece (forte impressão) que temos uma ampulheta monitorando nosso tempo, nossos afazeres, nossas escolhas. 
Espera aí! Quem disse que devem e o que devem escolher para sua vida?
Ah...
Percorra seu próprio mapa. Diga sim e diga não. Peça aos elementos tempo, escolhas, felicidade para dar  licença que agora quem manda é você. Ninguém mais. 
Acredite e lute por seus sonhos, mas não seja escravo deles. Chega um momento em que eles perdem o sentido, simplesmente porque perderam a beleza das conquistas. 
(...)
Pausa para respirar! Acho que aqui falei do próprio autor.
(...)
Voltando...




Um comentário:

  1. Ser o melhor muitas vezes não acarreta em felicidade mais sim em responsabilidade em relação ao mérito.A felicidade esta a relacionada ao prazer intenso da conquista de algo, sonhos, desejos que são muitas vezes confundidos com o consumo ou compra de objetos.

    ResponderExcluir

Se não faz sentido, discorde comigo ou apenas deixe suas contribuições.
Obrigada!